09/09/2020

Nesta terça-feira (08), a Sulgás promoveu uma reunião virtual para os interessados em participar do novo edital de chamada pública para aquisição de biometano. Participaram 38 representantes de empresas, que puderam sanar suas dúvidas sobre o processo. O encontro foi conduzido pelo gerente de Grandes Consumidores da Companhia, Cristiano Rickmann.

O edital, lançado em 14 de agosto de 2020, tem como objetivo realizar um processo de contratação menos complexo e mais ágil, visando ter o biometano como uma opção de suprimento para o Estado, já a partir de 2021/2022. Os interessados deverão apresentar suas propostas até o próximo dia 14 de setembro, de acordo com as regras estabelecidas no edital disponível no site da Sulgás.

Serão aceitos projetos com volume mínimo de 3 mil metros cúbicos por dia de biometano, sem definição de volume máximo, por um período de contrato de 10 anos. A Companhia se compromete em adquirir 80% das quantidades previstas.

Uma das novidades desse processo simplificado é a redução das opções de modalidade de entrega. Os proponentes deverão apresentar obrigatoriamente propostas para duas modalidades: injeção em rede e entrega de comprimido retirado. No primeiro caso, a Companhia compra o biometano injetado na sua rede canalizada e no segundo, compra e retira o biometano por meio de caminhões que transportarão o gás sob a forma comprimida até os clientes. Nos dois modelos de negócio, a Companhia realizará a odoração e medição do gás.

O gerente Cristiano Rickmann explica que as propostas apresentadas devem prever a instalação de plantas na área de abrangência definida no edital, localizada entre as cidades de Lajeado, Montenegro, Triunfo e Venâncio Aires.

“Nós fizemos um mapeamento tanto de biomassa quanto de potencial de mercado e essa foi a região com a maior sinergia. É uma região em que há biomassa disponível e um mercado com potencial consumidor interessante”, disse Rickmann ao explicar os motivos da escolha.

O gestor também esclarece que a chamada pública só contempla a produção de biometano a partir da transformação da biomassa extraída das atividades agrossilvopastoris. Mas que a Sulgás está aberta a empresas que trabalhem com resíduos orgânicos de aterros sanitários para futuros editais.

“A ideia é que isso avance no futuro, porque o Rio Grande do Sul tem uma vocação para o agronegócio e um potencial de produção de 1,5 milhão de metros cúbicos por dia de biometano, segundo o Atlas das Biomasssas, estudo encomendado pela Sulgás e executado pela Univates”, completa Cristiano.


Principais informações sobre a Chamada Pública:

Objeto - Apresentação de propostas de suprimento de biometano produzido no Rio Grande do Sul e originário de produtos e resíduos orgânicos agrossilvopastoris e comerciais, segundo necessidades de suprimento e condições previstas no Termo de Referência.

Etapa 1 - Recebimento de propostas: 14/08/2020 até 14/09/2020. As propostas devem ser enviadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Etapa 2 – Negociação: As propostas selecionadas serão objeto de negociação de contratos de suprimento.

Volume mínimo: 3 mil m³/dia

Início de fornecimento: 2021/2022

Informações: com a Comissão Especial de Suprimento, correio eletrônico: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
O edital e seus anexos neste link.